4 Dicas que Vão Garantir o Sucesso da Sua Estratégia de Acordos

4 Dicas que Vão Garantir o Sucesso da sua Estratégia de Acordos

Como especialistas em acordos e negociações judiciais, destacamos pontos que vão ajudar a garantir que o seu cliente fique satisfeito com a sua estratégia de acordo no contencioso

O cliente finalmente topou uma conversa contigo para tratar daquela carteira de acordos e negociações que ele tem em mãos. Sensacional, não é mesmo?

 

No entanto, é comum que nesse momento ocorram alguns deslizes que podem estragar a confiabilidade da estratégia de acordo sugerida pelo escritório ao departamento jurídico da empresa.

 

Por isso, listamos algumas soluções fáceis para erros clássicos que você pode evitar:

1. Demonstre que sua estratégia é baseada em dados

Diz o ditado que contra fatos não há argumentos. Faça bom uso desse dito e esteja munido de dados e informações quando for sugerir uma estratégia de política de acordos. Apresente números de mercado, análises da base nacional de processos e demonstre que a sua proposta foi criada a partir de percepções do mundo real e não de achismos. Hoje em dia existem softwares potentes, capazes de analisar toda a base de processos nacionais, como é o caso do Kurier Analytics, que oferecem robustez para o seu argumento.

2. Fique atento aos custos da negociações

Negociar sem estar atento aos custos dos acordos pode ser um tiro no pé e gerar prejuízo para o seu escritório. Ao conquistar carteiras de contencioso, é importante desenvolver uma estratégia bem alinhada com os interesses do cliente e equilibrada em relação aos custos que aquele contrato irá gerar. Sabemos que custa para o escritório quase R$ 100,00 por cada acordo fechado (contando custos diretos e indiretos), e é importante ter um controle minucioso sobre a despesas associadas a negociações dos acordos, fazendo o máximo para reduzir os custos e gerar maior margem de lucro.

 

Uma das formas de colocar isso em prática é apostar em melhorias nos fluxos de trabalho dos acordos, que vão desde a adoção de formatos de comunicações mais baratos até o foco em negociações velozes e com maior potencial de sucesso, que podem significar mais clientes, mais bonificações e, portanto, mais retorno no longo prazo.

3. Ofereça relatórios das negociações em curso

Depois de fechar um negócio por uma carteira de processos, é preciso saber manter o relacionamento com o cliente, demonstrando que todos os casos da carteira estão sendo trabalhados, oferecendo índices de progresso ou até mesmo de acordos já realizados. Uma reclamação muito comum das empresas é a sensação de “não saber” o que está sendo realizado pelo escritório prestador de serviço, dificultando a percepção do progresso dos acordos e negociações que estão sendo fechados.

 

Por isso, é importante organizar arquivos, planilhas e modelos padrão (templates) que possam comprovar o trabalho realizado e os passos tomados. Relatórios frequentes e cadenciais ajudam a comprovar a eficiência e profissionalismo do escritório, além de funcionarem como uma forma de conferir se as políticas de acordo atuais estão funcionando ou se precisam de ajuste.

4. Automatize as tarefas repetitivas

Evite gastar seu tempo com tarefas repetitivas ou cotidianas que possam ser automatizadas. Hoje em dia, aplicativos, softwares e outro recursos tecnológicos permitem que rotinas insuportavelmente repetitivas – como o contato frequente por diversos canais de comunicação para conseguir um acordo em contenciosos de volume – possam ser feitas por robôs ou algoritmos. Novos processos e softwares permitem até mesmo que a comunicação seja personalizável, evitando a sensação de conversa com máquinas, tornando seus processos mais eficientes, menos demandantes para a sua equipe e evitando erros que podem acontecer com o cansaço e a estafa da equipe, como deslizes de grafia ou de digitação.

Dá para perceber que a tecnologia ajuda muito a evitar esses deslizes, não? Apostar em plataformas, softwares de automação e robôs que realizam procedimentos repetitivos é uma forma de conseguir superar a concorrência e atender às demandas cada vez mais frequentes dos clientes contemporâneos.

Quer entender como a plataforma da JUSTTO considera todos esses pontos e te ajuda a fechar acordos de forma mais eficiente? CLIQUE AQUI e peça uma demonstração!

Post anterior Próximo post